Dezenas de enfermeiros em protesto à frente do Ministério

Clique na imagem para aceder ao vídeo da TVI 24h


"Dezenas de enfermeiros concentraram-se esta sexta-feira em frente ao Ministério da Saúde em protesto contra a proposta salarial do Governo que consideram «insuficiente, injusta, discriminatória e humilhante».

«Exigimos respeito pela nossa formação», «não somos licenciados de segunda» e «exigimos remuneração adequada à formação» foram algumas das palavras de ordem usadas pelos enfermeiros, refere a Lusa.
De acordo com José Carlos Martins, o porta-voz da comissão nacional que engloba os quatro sindicatos que representam os enfermeiros e que convocaram a concentração, a proposta apresentada é inaceitável.
Os enfermeiros são os únicos profissionais da administração pública cujo ordenado não reflecte o facto de serem licenciados, chegando a receber menos 300 euros do que a restante função pública, acrescenta.
Os enfermeiros exigem que nas reuniões negociais, marcadas para 21 e 22 de Setembro, o Ministério da Saúde apresente os elementos que fundamentam as suas propostas e opções e evolua de posição.
Os profissionais consideram na moção aprovada e entregue hoje no MS que «é inadmissível» que seja proposta, na transição para a nova carreira, a manutenção dos mesmos salários.
Os enfermeiros contestam ainda o facto de os novos profissionais que ingressem na carreira poderem vir a ter um ordenado superior a profissionais com mais de 10 anos de experiência. " Fonte tvi24
Podem ler a Moção dos sindicatos aqui:link
Imprensa: Público




2 comentários:

Anónimo disse...

Que video é este do SAPO, que não se consegue ver? Não é de certeza um video próprio porque o autor do blog não foi a Lisboa.

Neuro_enfermeiro disse...

Houve um pequeno problema técnico com o vídeo mas já está resolvido. Peço desculpa. Já expliquei que não fui à manifestação porque estive a trabalhar, fiz MT seguido e como para além de nos retirarem as horas de qualidade, fizeram o favor de limitar o número de trocas, quando foi oficializada a concentração já tinha feito as trocas todas. Mas estou orgulhoso dos colegas que foram.