Carreira de Enfermagem, o mistério.


"Recebemos, em 20 de Fevereiro, mais uma cópia do mesmo documento, com pequenas alterações, para pior, onde o sénior passou a principal, e a remuneração, a uma desilusão total.

Sob a aparência, o governo está, indubitavelmente, a brincar com os Enfermeiros. Aqui, o que parece é. Ora, a nossa Classe devia merecer-lhe mais respeito, pelo que é e realiza. O afrontamento que o governo lhe está a fazer, é um mau agoiro para a saúde, também dele.

Sabe-se, cada vez mais claramente, que à falta de engenho e arte para governar, o dito cujo recorre à provocação dos grupos profissionais. O nosso não escapou a esta prática selvagem. Desiludam-se os que pensavam outra coisa, nomeadamente que não seja, ainda pior, do que parece...

Com dois médicos a servirem de pontas de lança, na governação da saúde, seria de esperar o pior, para a Enfermagem.

Há suspeitas de que estejam a preparar-se para encostarem a carreira de Enfermagem, às carreiras técnico-profissionais. Com uma tabela a começar no nível 12, é o que se visualiza. Pretende abafar um direito adquirido em 1989/90, pelo DL 34/90, onde os licenciados, em Enfermagem, deviam ascender ao 2º escalão de especialista, índice 160, que é a correspondência ao ingresso na carreira técnica superior.

Fingem esquecer este direito nosso, apesar de, cinicamente, com justiça incontornável, aliás, classificarem a nossa carreira, entre as técnicas superiores, com o grau máximo de complexidade; o grau 3.

A nossa reclassificação pecuniária correcta antecede, em muitos anos, a crise, que não deve ser pretexto para que não se nos faça justiça. Estamos a exigir o mesmo que foi feito aos professores do ensino básico e secundário, nas mesmíssimas circunstâncias. Pior, ainda: à medida que iam adquirindo os complementos de licenciatura, iam à secretaria receber a remuneração correspondente. Não é constitucionalmente admissível haver dois pesos e duas medidas, em igualdade de circunstâncias." Fonte: SE


1 comentários:

Sofia disse...

Pequenas alterações?
o enfermeiro sénior(especialista, chefe e supervisor)não é sinónimo de enfermeiro especial (chefe e supervisor quase nos topos de carreira!).