Portugal no seu melhor... MESTRADO EM GESTÃO E MANUTENÇÃO DE CAMPOS DE GOLFE!!!



Recebi o seguinte e-mail, que gostaria de partilhar com todos:


Mestrado......


Diário da República, 2ª Série, nº51, 12 de Março de 2008


PORTUGAL NO SEU MELHOR

MESTRE EM GESTÃO E MANUTENÇÃO DE CAMPOS DE GOLFE

Diário da República, 2ª Série, nº51, 12 de Março de 2008

(Encontrado aqui e podem confirmar em
http://www.dre.pt/pdf2sdip/2008/03/051000000/1067010674.pdf

Leiam bem:

Mestrado em Gestão e Manutenção de Campos de Golfe

Não é curso profissional, nem licenciatura, é mestrado! O doutoramento
virá a seguir.

Na cauda da Europa, mas com todo o requinte - e com os nossos impostos. Isto só mesmo num país do 4º Mundo.
Deve haver um filho da p--- dum familiar qualquer do Sócrates encarregue a um campo de golf algures.
Meus amigos isto precisa de SANGUE e ONTEM (não já).
VOLUNTÁRIOS?


10 comentários:

Anónimo disse...

E porque não um Mestrado em higiene e limpeza de arrastadeiras?

Anónimo disse...

Só mesmo neste país. Como é isto possível??

Anónimo disse...

Um mestrado em higiene e limpeza de arrastadeiras seria ópimo para os Enfermeiros.

Anónimo disse...

Ó anónimo das 13:52, para ti era bom mas é um mestrado em higiene cerebral, que pelos vistos estás a precisar. Das duas uma, ou és um Drº daqueles que passeia o seu estetoscópio, ou então um frustrado dum TAE que queria ser Enfermeiro.

Anónimo disse...

Qualquer dia até há mestrados par gestão de varrer ruas, ou limpeza de esgotos. Valhanos Deus

Rosa Silvestre disse...

Anónimo das 13.52, Os enfermeiros não tratam da higiene e limpeza de arrastadeiras, quem trata dessa tarefa são as auxiliares de acção médica. Proponho um Mestrado "como ser um BOM ANÓNIMO".

Enfermeiro disse...

Rosa Silvestre.. candidatos não faltariam..

Quanto a esse senhor anónimo...Espero que nunca precise de alguem com esse mestrado.

Anónimo disse...

Eu acredito que todos nós devemos aprimorar nosso conhecimento independente da área a se seguir, mais fazer um mestrado não uma brincadeira, talvez esse assunto não deva ter tanto dedicação a esse ponto, talvez uma graduação em engenharia ambiental ou biologia seria o suficiente sendo que alem de estar abrangendo o assunto “plantas” envolveria diversos outros assuntos adversos.

Anónimo disse...

Não entendo o porquê de tanta revolta e disparate aqui deixado.
Explorar uma área que pode dar dinheiro ao nosso país não me parece mau...acho que muitos dos que falam mal disto andam a gastar dinheiro e recursos a tirar um curso, mestrado e até doutoramento numa área saturada e sem qualquer hipótese fiável de emprego no futuro, o que intendo que vos torne pessoas invejosas...se não conhecem as potencialidades de um meio e também não as querem conhecer saibam estar calados...
Acho bem que exista cada vez mais investimento na especialização nesta área para que não se torne tudo propriedade de uma máfia que tem dinheiro para isso...
Nem tudo o que não nos agrada é algo mau...saibam sempre ver o lado positivo.

Anónimo disse...

A person necessarily help to make severely articles I would state.
This is the first time I frequented your web page and
up to now? I surprised with the analysis you made to make
this particular publish amazing. Wonderful task!

Also visit my site: セイコー 時計